Um dia de celebração incomum

Que contraste! No Domingo de Ramos original, vemos uma celebração inusitada do povo de Jerusalém, conclamando Jesus a se tornar o tão esperado rei e libertador. E antes de a semana seguinte terminar, Jesus, seguindo um caminho de obediência, rumo ao seu maior desafio e demonstrando inigualável compaixão seria humilhado e morto em uma cruz. Os contrastes entre a missão de Jesus, a expectativa das pessoas e a confusão dos discípulos continuam tão gritantes como aqueles que vemos entre o que Cristo nos chama a fazer e o chamado de nossa cultura.

Copyright © 2012 ℗ 2017 por Charles R. Swindoll, Inc. Todos os direitos reservados mundialmente. Esta produção é unicamente para o seu uso pessoal. Infrações civil e de direitos autorais são cometidas quando este material é disponibilizado na internet, apresentado publicamente, copiado ou colocado em qualquer sistema de armazenamento e recuperação de informação hoje conhecido ou ainda a ser criado, sem permissão escrita previamente por Insight For Living e Razão Para Viver.

REF: ES11_1 Categoria: Tags: , ,

Essa mensagem faz parte da série Jornada de Páscoa

Túmulos não são lugares muito interessantes de se visitar… a não ser que você seja um arqueólogo. Mas foi em um túmulo, entre as rochas e sepulturas, do lado de fora dos antigos muros de Jerusalém, que a alegria inimaginável irrompeu no coração do homem. Foi ali, na manhã de Páscoa que a morte foi derrotada e a vida venceu. Em três mensagens emocionantes, vamos vivenciar a celebração do Salvador, a tristeza de sua morte e a alegria de sua vitória ao sair do túmulo.

Você também pode gostar de…