nosso perdão, pessoas, caminhando

Nosso perdão de uns para os outros

Mateus 5:23-24

“Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você, deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta. (Mateus 5:23, 24)

Este texto dá uma descrição sucinta da atitude correta e do que se deve fazer, quando somos a parte errada.
A cena é bem clara. Nos dias de Jesus, as pessoas tinham que ir ao templo para cultuar a Deus. De acordo com a lei judaica, a pessoa teria que levar um animal ou uma ave para o sacrifício. Este animal era imolado diante de Deus, propiciando a purificação do pecado e abrindo uma porta de acesso para sua petição.
Hoje em dia, o equivalente seria o cristão buscar o Pai em oração. Em qualquer das situações, ele é logo dominado pela incontestável lembrança e a dolorosa revelação de que ofendeu a outrem. E Jesus comenta isso nas seguintes palavras: “…ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você. O que fazemos então?
Parar! Não ignoremos essa lembrança. Não nos ponhamos a orar, embora essa seja nossa primeira reação. Deus prefere que sejamos sensíveis à sua mansa voz. O versículo 24 nos instrui a fazer quatro coisas:

  1. Parar (Deixa perante o altar a tua oferta)
  2. Ir (Vai)
  3. Reconciliar (Primeiro reconcilia-te)
  4. Voltar (Voltando, faze a tua oferta)

Trecho retirado de Eu, um servo? de Charles R. Swindoll. © 1983, 2018 Charles R. Swindoll Inc. Todos os direitos mundialmente reservados. Usado com permissão.

Posted in Sem categoria and tagged .

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da qual é fundador, em Frisco, no Texas. Sua audiência se estende para além da igreja local. Com um programa de rádio cristão desde 1979, o Insight for Living é transmitido ao redor do mundo, alcançando diversos grupos de pessoas em seus próprios idiomas. Seu extenso ministério como escritor também tem servido ao Corpo de Cristo ao redor do mundo, e sua liderança como presidente e agora chanceler do Seminário Teológico de Dallas tem ajudado a preparar e equipar uma nova geração de homens e mulheres para o ministério. Chuck e Cynthia, sua parceira na vida e no ministério, têm quatro filhos adultos, dez netos e dois bisnetos.