Bate-Seba: entrando no adultério

Quando o vívido sol quente de uma tarde da primavera deu lugar ao ainda fresco crepúsculo vespertino, uma bela mulher estava se preparando para banhar-se em seu terraço. A água descia em cascata sobre seu corpo enquanto o rei Davi passeava no terraço do palácio real a alguma distância. Ele a viu, mas ao invés de se afastar e proteger o coração da tentação, ele fixou o seu olhar adúltero sobre ela. Seu desejo por ela se inflamou, e depois de confirmar o que ele sabia sobre ela, inclusive, que ela já era casada, Davi enviou os mensageiros para trazer Bate-Seba ao palácio.

A Bíblia não registra em instância alguma o protesto por parte de Bate-Seba, seja aos mensageiros que a trouxeram para o palácio ou ao rei que claramente intentava tê-la. Após seu encontro ilícito com o rei, Bate-Seba se lavou novamente e voltou para casa. Em questão de semanas, ela percebeu que carregava uma criança e, em uma breve mensagem, disse a Davi: “Estou grávida” (2 Samuel 11: 5). Quando David executou seu plano para encobrir a gravidez, o qual incluía ter o marido de Bate-Seba morto, ela lamentou a sua perda e rapidamente se casou com o rei antes que ela desse a luz à criança.

O papel de Bate-Seba no encontro com David tem sido notoriamente difícil de interpretar. A maioria das perguntas que cercam este evento questionam se ela estava ou não se banhando no seu terraço para seduzir David, pois ela tinha que saber que ela estava à vista do palácio. No entanto, se ela era uma sedutora astuta ou uma ingênua menina recém-casada, o silêncio de Bate-Seba, em vez de protesto, destacou-se no encontro. Quando surgiu a oportunidade para ela resistir, ela não o fez.

E esta é a verdadeira lição da queda de Bate-Seba em pecado: que todos nós somos responsáveis por aquilo que fazemos. Seja buscando o relacionamento fora do casamento ou se simplesmente deixando-nos cair num deles, nós fazemos as escolhas. As escolhas foram feitas por Davi e Bate-Seba ao longo do caminho em direção a seu encontro adúltero, e o mesmo é verdade para qualquer um que cai em pecado sexual hoje. Temos de estar vigilantes para proteger a nossa sexualidade. Ao invés de simplesmente evitar o pecado, devemos nos preocupar com a busca da pureza moral. É uma escolha que não podemos deixar de fazer.

Direitos autorais da tradução em português © 2014 por Insight for Living. Todos os direitos mundialmente reservados.

Postado em Divórcio, Personagens Bíblicos e marcado .

John Adair recebeu seu Mestrado em Teologia no Seminário Teológico de Dallas, onde também concluiu seu Ph.D. em Teologia Histórica. Ele serviu por sete anos como um dos escritores do Departamento de Ministérios Criativos nos Ministérios Insight For Living. John e sua esposa, Laura, têm três filhos.