Quem escreveu o livro?

A tradição judaica identifica o próprio Neemias como o principal autor deste livro histórico. A maior parte do livro foi escrita de sua perspectiva em primeira pessoa. Nada se sabe sobre sua juventude ou passado; nós o conhecemos como um adulto servindo na corte real persa como o copeiro pessoal do rei Artaxerxes (Neemias 1:11-2:1). Esta posição de prestígio revela algo do caráter reto de Neemias. Embora ele tenha permanecido na Pérsia depois que os exilados foram autorizados a voltar para casa, ele estava altamente interessado no estado das coisas em Judá (seu irmão Hanani [1:2] que tinha voltado lá mais cedo).

O livro de Neemias pode ser lido como uma continuação do livro de Esdras, e alguns eruditos acreditam que os dois eram originalmente uma obra só. É possível que Esdras tenha compilado os contos originais de Neemias com outros materiais para criar o livro de Neemias. No entanto, a maioria dos estudiosos acredita que o livro foi escrito por Neemias.

Qual o contexto?

O livro de Neemias começa na cidade persa de Susã, no ano de 444 a.C. Mais tarde nesse ano, Neemias viajou para Israel, liderando o terceiro de três retornos do povo judeu após seus 70 anos de exílio na Babilônia. (O capítulo anterior sobre Esdras descreve os dois retornos anteriores.) A maior parte do livro enfatiza os acontecimentos em Jerusalém. A narrativa termina por volta do ano 430 a.C., e os estudiosos acreditam que o livro foi escrito pouco depois.

Neemias é o último livro histórico do Antigo Testamento. Embora o livro de Ester apareça depois de Neemias no cânon, os eventos em Ester ocorreram no período de tempo entre Esdras 6 e 7, entre o primeiro e segundo retornos das pessoas para Israel. O profeta Malaquias foi contemporâneo de Neemias.

Por que esse livro é tão importante?

Neemias era um leigo, não um sacerdote, como Esdras, nem um profeta, como Malaquias. Ele serviu ao rei persa em uma posição secular antes de liderar um grupo de judeus para Jerusalém, a fim de reconstruir os muros da cidade. “A experiência de Neemias na corte do rei lhe equipou adequadamente para a reconstrução política e física necessária para que os remanescentes sobrevivessem”.¹

Sob a liderança de Neemias, os judeus resistiram à oposição e se uniram para realizar seu objetivo. Neemias liderou pelo próprio exemplo, abrindo mão de uma posição respeitada no palácio, por um trabalho duro em um bairro politicamente insignificante. Ele fez uma parceria com Esdras, que também aparece nesse livro, para solidificar as bases políticas e espirituais do povo. A humildade de Neemias diante de Deus (veja suas orações comoventes de intercessão nos capítulos 1 e 9) forneceu um exemplo para as pessoas. Ele não reivindicou a glória para si mesmo, mas sempre deu a Deus o crédito por seus sucessos.

Qual é a ideia principal?

Neemias registrou a reconstrução do muro de Jerusalém, a capital de Judá. Juntos, ele e Esdras, que liderou o renascimento espiritual do povo, dirigiram a restauração política e religiosa dos judeus em sua terra natal depois do cativeiro babilônico.

A vida de Neemias fornece um excelente estudo sobre liderança. Ele superou a oposição externa assim como o tumulto interno. Ele exerceu suas habilidades administrativas, através da estratégia de usar metade das pessoas para a construção, enquanto a outra metade vigiava os Samaritanos que, sob Sambalate, ameaçavam o ataque (Neemias 4-7). Como governador, Neemias negociou a paz entre os judeus que estavam descontentes com os impostos persas. Ele exibiu uma firme determinação para completar seus objetivos. A conquista desses objetivos resultou em um povo motivado, renovado e animado sobre o seu futuro.

Como colocar em prática?

O livro de Neemias nos mostra o tipo de impacto significativo que um indivíduo pode exercer sobre uma nação. Neemias serviu em ofícios seculares, usando sua posição para trazer de volta judeus à ordem, estabilidade e foco adequado em Deus.

Deus usa todos os tipos de pessoas, em todos os tipos de lugares, para fazer todos os tipos de trabalho. Você acha que precisa estar “no ministério” para servir a Deus? Anime-se. Ele não é limitado pela sua vocação. Na verdade, Deus o colocou no lugar onde você está para um propósito. Tenha esta atitude sobre o seu trabalho: “Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai” (Colossenses 3:17).

Notas de rodapé

  1. Norman L. Geisler, A Popular Survey of the Old Testament (Peabody, Mass.: Prince Press, 2007), 165.

Artigos

blog-grid

Durante os dias em que eu servia como pastor em New England, ouvi sobre um professor que passou a um grupo de estudantes do colégio um teste da Bíblia. Este teste precedia um curso chamado A Bíblia Como a Literatura, o qual ele planejava ensinar no Col...

Continuar lendo
blog-grid

Quer mais alegria no seu dia-a-dia? Cultive isso! A alegria brota ao encararmos os acontecimentos do dia a partir da perspectiva da eternidade. Com esse foco intencional, você se certifica de ver o hoje de forma diferente, com mais alegria e convicção ...

Continuar lendo