Oração

Um lugar de descanso

O Salmo 23 é provavelmente um dos textos bíblicos mais memorizados, e não é sem razão. A poesia desse salmo nos apresenta com propriedade a figura de Deus como um pastor de ovelhas zeloso e amoroso, que supre, acolhe, nutre, corrige, guia, cura, protege e reafirma no amor. Na tela da mente, isso se desdobra num cenário dinâmico onde o pastor interage com sua ovelha por caminhos diversos. Ele a conhece, e ela confia nele.

“Ele me faz repousar em verdes pastos e me leva para junto de riachos tranquilos.” (Salmos 23: 2 NVT)

Deus nos leva a repousar onde podemos sentir segurança e familiaridade. Ovelhas precisam de pastos verdes, não necessariamente para se fartarem do alimento, mas para descansarem da caminhada. Enquanto descansa, a ovelha reconhece a cor, o aroma, a textura e o som da relva ao vento, imagens do acolhimento.

O pastor conduz a riachos tranquilos. Ali, o ambiente úmido e refrescante revigora da caminhada sob o calor causticante. Mais do que o alimento, o pastor sabe que precisamos de descanso para renovar as forças. Precisamos desse tempo de descanso da alma. Nesse momento de puro silêncio, dependência e confiança em Deus pela oração, renovamos nossas forças pra seguirmos a caminhada. Precisamos desse repouso e tranquilidade perto do nosso pastor. Em sua casa, neste momento de recolhimento social, escolha um cantinho para estar com o Bom Pastor:

“Eu sou o bom pastor. O bom pastor sacrifica sua vida pelas ovelhas” (João 10:11)

“Querido pastor, minha alma agitada precisa desse lugar de repouso e tranquilidade perto do Senhor. Preciso da quietude onde o aroma e o frescor da segurança são a Tua presença. Sou uma ovelha inquieta, pronta a se extraviar pelos caminhos das decisões apressadas e dos desejos desenfreados. Confesso a Ti minha necessidade da Tua paz e, neste momento de verdes pastos e riachos tranquilos, descanso meu coração em Ti, meu Bom Pastor. Em Teu nome oramos, amém.