O poder da verdade: Ajudando seu marido a se libertar da pornografia na internet

A pornografia é um pecado sexual em uma classe própria. Sua flecha visa um dos medos mais profundos da mulher – o de que o coração do seu marido não seja fiel . Ela atinge uma das suas inseguranças mais profundas – a de que de alguma forma, essas imagens em revistas e na tela sejam realmente o que o seu marido deseja. E deixa uma ferida mortal em sua esperança, em que não importa o que ela faça, ela nunca vai se parecer com aquelas mulheres perfeitas. Há uma ferida em carne viva que acompanha a descoberta desse tipo de pecado no homem que você ama.

Mas o frescor da ferida vai desaparecer. E voltar-se para o Senhor proverá uma determinação renovada para lutar por seu casamento e seu marido. Existem várias medidas concretas que você pode tomar na batalha contra o mal da pornografia.

Como o processo de mudança começa?

A mudança sempre começa com autoavaliação.

O quê? Você pode perguntar. Ele é o único que está errado! Eu fui fiel! No entanto, Jesus nos pediu para olhar para nós mesmos antes de tentarmos corrigir alguém (Mateus 7:3-5). Então fique algumas horas sozinha. Pegue a sua Bíblia e o seu diário (se você tiver um). Reflita sobre seu coração e suas atitudes. Confesse tudo ao Senhor, o que Ele te mostrar. Em seguida, resolva quaisquer diferenças que você possa ter em outras áreas com o seu marido.

Isso pode ser bem difícil, especialmente quando o seu marido está pecando tão descaradamente. Mas se você quiser que o Senhor abençoe seus esforços em restaurar o seu casamento, você não deve começar com um coração farisaico, mas com humildade. Em seguida, o poder de Deus vai brilhar, assim como Tiago prometeu: “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará ” (Tiago 4:10).

Confronte com amor.

Você não pode fechar os olhos para o fato de que o seu marido tem um problema. Mesmo que você não tenha o poder de mudar o seu marido, certamente você pode se recusar a ajudá-lo a pecar! Quando esposas fingem que nada está errado, elas ajudam seus maridos a pecarem. É importante deixar o seu marido saber que você sabe que ele tem um problema. A farsa de que está tudo bem em seu casamento deve acabar. Existe um ferimento grave, e deve ser discutido.

Procure ajuda externa.

Recuse-se a esconder dos outros o problema. Converse com pessoas de sua confiança para que os outros saibam a verdade. Peça aos seus amigos de confiança para orar por você, mas também procure alguém que possa oferecer a você e a seu marido sábios conselhos, tal como o seu pastor, ou um terapeuta cristão piedoso. Compartilhar nossas lutas com os outros se encaixa na exortação para nós da Palavra de “levar as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo” (Gálatas 6:2).

Saiba quando perdoar.

Como em qualquer relacionamento, quando uma racha profunda ocorre em casamento, a parte do processo de restauração é o perdão. O perdão pressupõe que um dano profundo e doloroso foi cometido. Exige àquele que perdoa a abdicar do seu direito de ser reçarcido por aquele dano. Perdão pede nenhuma penalidade, nenhum pagamento. O perdão libera o ofensor.

Você se sente traída por seu marido, e perdoá-lo pode ser a última coisa que você está interessada. Quando alguém realmente nos machuca, achamos que não deveríamos ter que perdoar. Achamos que temos o direito de estar com raiva, porque o que ele ou ela fez é muito ruim. Nós gostamos do sentimento de autojustificação que vem com a autojustiça irada. Porque sentimos que temos o direito da nossa raiva, e não queremos largá-la. No entanto, sem o perdão, a restauração nunca ocorre. Se você deseja a restauração, você deve estar disposta a perdoar o seu marido.

Nossos corações podem perdoar e nós podemos oferecer o perdão a outra pessoa, mas o processo é incompleto sem a participação do infrator. Talvez o seu marido se recuse a reconhecer a pornografia como um pecado. Ele pode até tentar responsabilizá-la por suas ações, justificando seu comportamento e contornar as conversas de modo que elas se concentrem em você e não nele mesmo. Nesta situação, lembre-se:

Você não está louca.

Isto é um problema. E enquanto você não pode forçar seu marido a mudar, você pode se recusar a facilitar o seu relacionamento com ele a ficar na mesma.

E se ele não mudar?

Dependendo da gravidade do problema do seu marido, há vários passos que você pode seguir. Em primeiro lugar, alerte aqueles que Deus colocou como pastores espirituais em sua vida (como pastores da igreja ou líderes de estudo da Bíblia) que há um problema. Peça-lhes para se envolver. Segundo, procure para si mesmo o aconselhamento de fora de um líder ou de um profissional. Em terceiro lugar, determine se o nível de envolvimento do seu marido em pornografia representa uma ameaça física para você. Ele já visitou as prostitutas? Você poderia contrair uma doença sexualmente transmissível através dele? Se o seu marido está envolvido sexualmente com outras mulheres, ele não pode esperar ter uma relação sexual normal com você. Quarto, aprenda a estabelecer os limites. Isso inclui as coisas como dizer não ao sexo, enquanto ele está envolvido sexualmente com outras pessoas e insistir que ele remova todo o material pornográfico de sua casa.

Estabelecer os limites não significa discutir com seu marido sobre o seu pecado. Fale a verdade em amor, mas não entre em uma discussão. Se o seu marido pode discutir com você, será mais fácil para ele evitar enfrentar o Senhor. Da mesma forma, uma mulher argumentativa pode ser um desvio do que o Senhor deseja realizar na vida de um marido!

Mais uma vez, fale a verdade para o seu marido, em seguida saia do caminho de Deus e permita que Ele trabalhe. Só Deus pode mudar o coração do seu marido. Sua melhor arma nessa batalha é a sua capacidade de orar por seu marido… e não a sua capacidade de convencê-lo de que ele está errado. Como um homem sábio disse uma vez: “Quando trabalhamos, nós trabalhamos. Quando oramos, Deus trabalha”.

Restauração pode acontecer

Assim, muitos casais encontraram a restauração e cura após a devastação da pornografia. Ela exige um trabalho duro, um coração mole, e muito perdão e arrependimento, mas realmente os homens encontram a liberdade e as mulheres experimentam a cura. Se você e seu marido estão lutando por mudança piedosa e está sendo muito difícil, não desista .

Hábitos pecaminosos não entram em nossas vidas em uma noite, e leva mais tempo do que algumas semanas para superá-los. Mas com cada um de vocês trabalhando juntos, velhos hábitos podem mudar. E com essa mudança pode vir nova intimidade, unidade e abertura para você e seu marido. Nosso Senhor é um Deus de redenção, e desde que estejemos vivos, nunca é tarde demais para sermos restaurados.

Direitos autorais da tradução em português © 2013 por Insight for Living. Todos os direitos mundialmente reservados.

Postado em Divórcio, Mulheres, Pureza das Mulheres, Pureza dos Homens e marcado , , .

Ministério de Aconselhamento Bíblico

Ver posts de Ministério de Aconselhamento Bíblico