Pecados que sufocam o amor e a unidade

Os pecados específicos em 1 Pedro 2:1 são as barreiras mais comuns para o apoio mútuo, portanto eles merecem um olhar mais atento.

Malícia: A palavra grega kakia é uma palavra geral para “mal”. Nesta passagem, caracteriza aqueles que estão entrincheirados no sistema do mundo.

Engano: A palavra grega dolos significa “astúcia” ou “traição”. Isso envolve mais do que apenas mentir na cara de uma pessoa, mas significa agir de maneiras em que se é falso ou duas caras.

Fingimento: A palavra grega hupokrisis refere-se àquele que age à parte, “ser uma coisa por dentro e outra coisa por fora.”

Inveja: Comentando sobre como Pedro usa a palavra, Edward Selwyn descreve a inveja como “uma praga constante de todas as organizações de voluntários, não menos organizações religiosas, e que até mesmo os Doze foram sujeitos à própria crise do ministério do nosso Senhor”.

Murmuração: Literalmente, a palavra significa “mau discurso” e é especialmente usada quando um rumor é passado ao redor. Esta fofoca depreciativa destrói a nossa confiança em um indivíduo e enfraquece a reputação dessa pessoa.

Direitos autorais da tradução em português © 2014 por Charles R. Swindoll, Inc. Todos os direitos mundialmente reservados.

Postado em Amor, Pecado, Vida Cristã e marcado .

Michael J. Svigel recebeu seu Mestrado de Teologia em Novo Testamento e Doutorado de Filosofia em Estudos Teológicos do Seminário Teológico de Dallas (DTS). Atualmente atua como o Professor Associado de Estudos Teológicos em DTS, ensinando Teologia e História da Igreja. Antes de aceitar a sua posição no seminário em 2007, ele trabalhou como o escritor do Departamento de Ministérios Criativos nos Ministérios da Insight For Living. Mike e sua esposa, Stephanie, são pais de três filhos.