Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações” (Atos 2:42).

Quero sugerir três princípios e três imperativos que todas as igrejas deveriam examinar e aplicar:

Primeiro: o discernimento bíblico deve superar o planejamento secular e a mentalidade corporativista. E o primeiro imperativo? Pense de modo espiritual. Por mais organizada que nossas igrejas tenham se tornado, precisamos priorizar o pensamento bíblico em detrimento do pensamento secular. Escrevi a respeito dos elementos que existiam na igreja primitiva, mas quero mencionar também o que não existia: não havia estrutura de organização secular, nem política eclesiástica, não havia gurus de autoridade nem “presidentes” do que quer que fosse; não havia abuso de poder por parte de fanáticos controladores, não havia manobras de interesse pessoal nem rivalidades; não havia desentendimentos por causa de finanças nem elaboração de estratégia “para garantir o nosso espaço” contra a concorrência. Em vez disso, havia um lugar onde a ênfase espiritual precedia o jeito mundano de fazer as coisas.

Segundo: decisões planejadas e cuidadosas precisam ter sua origem na Palavra de Deus, e não em opiniões humanas. A verdadeira atitude espiritual nasce a partir da meditação nas Escrituras. Portanto, o imperativo deve ser: atenha-se à Bíblia! A Palavra de Deus deve ocupar o lugar central em cada culto. Além disso, todas as reuniões do presbitério e de outros departamentos devem ter as Escrituras como base de quaisquer decisões tomadas. A orientação da igreja deve provir da Palavra de Deus; as Escrituras moldam nossa mentalidade atual e o nosso planejamento futuro por meio de princípios que podemos compreender, tomar como verdadeiros e aplicar.

Terceiro: é preciso haver mudanças fundamentais e criteriosas a fim de se neutralizar os efeitos da erosão. Observe que não utilizei a palavra fácil. Não é fácil empreender mudanças uma vez iniciada a erosão, mas é fundamental. O imperativo? Seja flexível! Esteja pronto e disposto a fazer mudanças, e mudanças fundamentais, especialmente se você deseja interromper o processo vagaroso, silencioso e sutil da erosão…

Correções de rumo requerem mudanças e dedicação aos quatro elementos essenciais de uma igreja: “… ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações” (Atos 2:42).

 

A igreja desviadaDr. Charles R. Swindoll

bem-aventuranças
superando a preocupação
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados