Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo”. (1 Pedro 1:14-16)

Por que é tão importante para nós, que buscamos sua vontade, saber que Deus é santo?

Primeiramente porque sua santidade nos diz que ele é absolutamente digno de confiança. Sendo santo, Deus nunca vai tirar vantagem de seus filhos. Ele nunca vai abusar de nós, nos manipular ou nos desviar do caminho. Sua vontade pode parecer misteriosa, mas nunca está errada. Esse ser santo, sem pecado, não pode fazer o mal. Eu e você podemos confiar que ele fará sempre aquilo que é certo, o tempo todo.

Segundo, sua santidade nos garante que ele não tem segundas intenções nem motivações questionáveis. Você não precisa se preocupar quando Deus o estiver conduzindo na vontade dele. Será que o tiro vai sair pela culatra? Será que, de alguma forma, isso vai agir contra mim? Sua santa vontade está acima de questionamentos.

Terceiro, sua santidade representa um modelo de perfeição. Nosso Deus não tem nenhuma falha, oculta ou declarada, dita ou registrada. Nem mesmo indiretamente.

Pelo fato de Deus ser totalmente santo, Ele nunca se envolveu em nossos atos pecaminosos, nem mesmo de modo indireto. Isso é simplesmente impossível. Ele não apenas não pode ser tentado, como não tenta ninguém. É isso mesmo, Ele não pode. Sua santidade impede que isso aconteça.

 

O mistério da vontade de Deus – Dr. Charles R. Swindoll

crença em Deus
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja...

Ver todos os posts

Posts relacionados