Pedro nos fornece algumas dicas para podermos viver em um mundo injusto:
Considere-se singularmente abençoado por Deus. Como se não bastasse a injustiça, o conselho surpreendente de Pedro é: “Seja feliz”. Considere-se abençoado. Tiago cita algo similar no primeiro capítulo de sua carta: “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações,” (Tiago 1:2).
Soa muito bonito você poder dizer isso. Mas, honestamente, como podemos ficar felizes e nos considerarmos abençoados quando somos atingidos pela injustiça?
Bem, podemos fazer isso tendo em mente duas coisas: primeiro, fomos chamados para suportar pacientemente o tratamento injusto (I Pedro 2:12-3:9). Assim, quando acontecer, saberemos que ainda estamos vivenciando o plano de Deus e cumprindo o nosso chamado. Esse tratamento nos faz lembrar que Deus ainda está em nossas vidas e que algum dia seremos recompensados por termos suportado esses maus-tratos imerecidos (Mateus 5:10-12 e Tiago 1:12).
Alguém pode aceitar a recompensa graciosamente e muitas pessoas podem até mesmo ser punidas pacientemente quando fizerem algo errado. Mas quantas pessoas possuem a habilidade de lidar com os maus-tratos após terem feito o que é certo? Apenas os cristãos são equipados para fazer isso. É isso que faz com que andemos de cabeça erguida.
Essa é a nossa marca! E há ocasiões na vida, quando seremos chamados para este propósito. No mistério do soberano plano de Deus, seremos escolhidos. Então, mais tarde, assim como Jó, seremos recompensados por suportar tais provas que não merecemos.

Anexos
  • tecnicas-para-manter-viva-a-esperanca-3
  • tecnicas-para-manter-viva-a-esperanca-2
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados