Em um dos passeios da Insight for Living na Terra Santa, Pr. Chuck Swindoll conduziu um culto de comunhão no Jardim do Túmulo em Jerusalém. Aqui estão alguns trechos da pregação do Pr. Chuck daquela manhã memorável.

“Foi muito diferente do que os discípulos tinham pensado. Em vez de olhar para o rosto de seu mestre, como eles faziam três anos e meio antes, em pé ao lado do seu barco enquanto tiravam suas redes nas margens tranquilas do mar… eles agora olhavam, com a boca aberta, para o cadáver flácido no Gólgota, o Lugar da Caveira.”

“Tudo dentro de nós nos impele a correr após a cena de tortura, da morte e do enterro, e nos movermos rapidamente para este túmulo onde o triunfo é anunciado, enquanto nos concentramos na a ressurreição de Cristo e na vida eterna. Mas o Senhor quer que seja de outra maneira. Ele estabeleceu um memorial, a Ceia do Senhor, que nos forçaria a voltar de novo e de novo e de novo e de novo para a cruz”.

“Há momentos em que o ritmo alucinante da vida pede uma pousa e nós devemos deliberadamente ficar de pé, sentar ou ajoelhar por temor ao sacrifício de nosso Salvador e reconsiderar a cruz, o preço que Ele pagou por nós, o sacrifício terrível feito em nosso favor”.

John Bunyan assim escreveu em O Peregrino:

Oprimido andei sempre sob o peso de meus pecados,

sem encontrar lenitivo ao meu sofrimento,

até que cheguei a este lugar. Onde estou eu?

Oh! Aqui é por certo o princípio da minha bem-aventurança,

visto que aqui se quebraram os laços que me prendiam

aos ombros o fardo que me oprimia.

Eu te saúdo, ó cruz bendita! Bendito sejas, santo sepulcro!

Bendito seja para sempre Aquele que em ti foi sepultado pelos meus pecados.¹

“Pai nosso, nesta manhã fria em Jerusalém, nós queremos que o Senhor saiba o quanto O amamos… e como somos gratos por Seu Filho, que se entregou por nós. Obrigado porque, ao dar Seu corpo para ser espancado e ferido, e assim sacrificar a vida Dele até a morte, Ele pensou em nós. Obrigado pelo sangue purificador, magnífico purgativo que lava todos os nossos pecados… Nós O adoramos agora em Seu nome magnífico”.

__________________

1. John Bunyan, The Pilgrim’s Progress (Uhrichsville, Ohio: Barbour and Company, 1985), 36.   “Lest I Forget,” Insights (March 2007): 2. Copyright © 2007 por Insight for Living. Todos os dieitos reservados mundialmente.

Direitos autorais da tradução em português © 2014 por Insight for Living. Todos os direitos mundialmente reservados.

Ministério Razão Para Viver
Ministério Razão Para Viver

Uma variedade de autores qualificados contribuem com conteúdo para o Ministério Razão Para Viver - de escritores dedicados, a conselheiros bíblicos ou pastores de outros países. Mas antes de qual...

Ver todos os posts

Posts relacionados