Tomando o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”. Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês”. (Lucas 22:19,20)

Jesus comemorou a páscoa judaica com seus discípulos – um momento que lembrava ao povo hebreu a sua libertação da escravidão no Egito. E com essa celebração deu início à Páscoa cristã. A Páscoa é, sem dúvida, um período de reflexão, um tempo para se pensar em morte e vida…

Com certeza, a grande maioria das pessoas prefere a versão “páscoa sabor chocolate”. Para elas é mais fácil acreditar que um coelhinho vai trazer um ovo de chocolate, do que crer que há vida além da morte… Que tudo não acaba aqui!

A Páscoa cristã é justamente o encontro com o inesperado, com o inusitado, com o surpreendente, com o maravilhoso… A anunciação de que a vida vence a morte! A ressureição de Jesus é o clímax da mensagem do cristianismo. E isso tem revolucionado a história humana.

E foi num jardim, onde as pessoas eram sepultadas dentro de rochas, que Jesus apareceu ressurreto pela primeira vez a uma mulher, uma discípula: Maria – aquela mulher que havia preparado o corpo dilacerado de Jesus, seguindo os costumes de seu povo.

Nada mais apropriado do que ser ela mesma a testemunhar que a promessa da ressureição se cumprira, e ela teve o privilégio de ser a primeira a constatar e anunciar que Jesus está vivo!

Quando Jesus ressuscitou, ele apareceu aos seus discípulos em diversas ocasiões e precisou ajudá-los a crer que aquilo estava acontecendo de fato…

“Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”. (João 20:27)

E continua sendo assim até os dias de hoje. Somos discípulos de Jesus, mas ainda não conseguimos crer que a morte foi de fato vencida!

É difícil para nós crer no inesperado, no inusitado, naquilo que foge ao controle humano, na vida que supera a morte…  que supera a morte de todas as coisas!

Esta páscoa é um convite para que você se sente à mesa com Jesus, experimente a realidade da sua presença, da sua ressurreição. Toque em Jesus, veja suas marcas de amor… Faça uma nova aliança com ele!

“Eu lhes digo que, de agora em diante, não beberei deste fruto da videira até aquele dia em que beberei o vinho novo com vocês no Reino de meu Pai”. (Mateus 26:29)

Até que ele venha… que a sua Páscoa tenha o sabor da vida!

Pr. Fernando Bochio

Pr. Fernando Bochio ©2019

Fernando Bochio

Fernando Bochio é pastor há mais de 35 anos. Professor de Teologia, conferencista, consultor internacional para organizações cristãs, atua também no mentoreamento e coaching de pastores e lidere...

Ver todos os posts

Posts relacionados