Estamos o tempo todo diante de uma ferramenta muito poderosa: a palavra.

Ela pode construir e destruir, maldizer e bendizer. Uma palavra ofensiva pode nos ferir e nos levar a caminhos errados, enquanto uma palavra de motivação e incentivo pode nos levar a uma perspectiva de vitória.  O zelo ao falar é muito importante.

Através da palavra, nações ou sociedades se organizam, criando leis e normas. A família ensina as crianças sobre obediência utilizando as palavras. Estamos rodeados de palavras escritas, faladas, tradições. Mas qual é a melhor palavra, a palavra certa, verdadeira? Aquela que realmente pode me orientar e me conduzir para alguma coisa boa?

Hebreus 4.12 diz que é a Palavra de Deus, que é viva, eficaz, mais afiada que qualquer espada de dois gumes. Ela penetra até o ponto de dividir a alma e espírito, juntas e medulas. A Palavra de Deus tem a capacidade de discernir as coisas da alma, do espírito, pois julga os pensamentos e intenções do coração, e nada em toda a criação está oculto aos olhos de Deus. Então, quando essa espada penetra, ela nos expõe, mostra quem realmente somos.

Ao buscar a Palavra de Deus, ela vai mostrar quais são realmente os nossos interesses, o nosso coração com o objetivo de nos fazer encontrar o caminho da solução, da vida e da felicidade.

Em 2 Timóteo 3.16, Paulo ensina que a Palavra de Deus é o nosso guia, é o nosso manual, para achar a vida que Deus tem preparado para nós.  Ela é essencial, atende a nossa necessidade. Ela ensina o que precisamos aprender, ela nos repreende, naquilo que precisamos nos controlar. Tudo isso para nos capacitar a viver intensamente.

Em João 14.21 Jesus ensina para seus discípulos sobre o amor a Ele e à sua palavra. Quando eu demonstro esse amor, através da obediência, Jesus se revela, se mostra a mim. Você ama mesmo a Jesus? O amor por Jesus é um exercício de prática. Quem ama obedece. E para obedecer, eu preciso conhecer a Palavra de Jesus, detalhada na Bíblia.

Como eu sei que eu estou amando a Jesus e suas palavras? O Salmo 119 nos ensina: “Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor! Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos…” (versículo 1). “Como pode o jovem manter pura a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra” (versículo 9).  “Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti” (versículo 11). Quem ama e está comprometido com essa palavra expressa isso em verdade de vida.

Quando amamos a Palavra, amamos Jesus, e ele nos ama. E se pedirmos qualquer coisa em seu nome, ele nos atende, porque a sua palavra é o que dirige a nossa vida.

Quantas coisas tentam dirigir as nossas vidas hoje? Quantas palavras determinam nossas ações? Quando a Bíblia se torna algo íntimo pra você, ela transforma a sua forma de viver.

Por isso, peça a Deus fome pela Palavra e intimidade profunda com ela. O Senhor é quem mais quer lhe dar esse instrumento vivo e eficaz para um caminho de vitória.

 

Pr. Fernando Bochio

Humilhação e aprendizado
perder os dons
Fernando Bochio

Fernando Bochio é pastor há mais de 35 anos. Professor de Teologia, conferencista, consultor internacional para organizações cristãs, atua também no mentoreamento e coaching de pastores e lidere...

Ver todos os posts

Posts relacionados