Como eu gostaria de saber o que Jesus ensinou às pessoas quando esteve no barco de Simão! Uma lição sobre discipulado? Sobre confiar no sustento de Deus? Gosto de pensar que ele falou sobre a alegria de cumprir o destino pessoal, mas seguir o chamado que cada pessoa recebe. Pedro estava relutante num primeiro momento, mas, ao mesmo tempo que chamou Jesus de ‘mestre’, ele, com uma ponta de má vontade, fez com que seus homens baixassem as redes, apesar de tê-las limpado a manhã inteira.

Na cabeça de Pedro, aquela era uma tarefa à toa que servia apenas para agradar o rabi. Poucos momentos depois, porém, Pedro sentiu um puxão nas redes e descobriu que a linha que as segurava estava a ponto de quebrar.

Lucas escreveu que o pescador firme como uma rocha e seus companheiros ‘estavam perplexos’, e o ato seguinte revela o nascimento de uma consciência de que Jesus não era um homem comum: “Quando Simão Pedro viu isso, prostrou-se aos pés de Jesus e disse: ‘Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador. ” (Lucas 5:58).

A pecaminosidade não consegue sobreviver na presença da glória divina. Por entender que era um homem manchado pelo pecado, Pedro temia Jesus.

Ao mesmo tempo que Pedro, João e Tiago, irmão de João, tremiam diante de seu Messias, ouviram as palavras que mudariam a vida deles para sempre: “Não tenha medo; de agora em diante você será pescador de homens” (Lucas 5:10).

 

Jesus, o maior de todosDr. Charles R. Swindoll

integração
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados