Façam todo o possível para viver em paz com todos. (Romanos 12:18)

Por mais que busquemos a paz e por mais positivos e educados que possamos ser, ainda assim haverá ocasiões em que as discordâncias surgirão.

 

1- As discordâncias são inevitáveis.

Haverá pontos de vista opostos e uma variedade na maioria dos assuntos. Os gostos são diferentes, assim como as preferências. Isso é liberdade, incluindo a liberdade religiosa. Sou bastante firme em minhas convicções teológicas, mas isso não significa que você deva concordar comigo. Tudo isso explica por que dou tanta importância a deixar uma ‘folga’ em nossos relacionamentos.

 

2- Até mesmo as pessoas espirituais discordaram em alguns momentos.

No céu não haverá denominações e nenhuma categoria de cristãos, apenas a enorme companhia dos santos. Apenas então haverá perfeita harmonia de coração e completa unanimidade. Até lá, esteja certo de que até mesmo os mais espirituais vão discordar.

 

3- Em todos os desacordos existem os mesmos dois ingredientes: uma questão e vários pontos de vista.

A questão é normalmente objetiva e envolve os princípios; os pontos de vista são subjetivos e envolvem personalidades. Nisso reside a soma e substância de um desentendimento que poderia ser definido como um desacordo sobre uma questão por causa de pontos de vista opostos.

 

4- Em muitos desacordos, os dois lados estão certos.

Por mais ‘liberal’ que isso possa lhe parecer, mastigue um pouco mais antes de cuspir fora. Ambos os lados da maioria das discussões têm fraquezas e pontos fortes, o que significa que nenhum dos dois lados é uma fortaleza impenetrável. Todavia, qualquer discussão pode levar a um racha sério e permanente no relacionamento e, às vezes, isso é a vontade de Deus. Há momentos em que Deus opta por espalhar as boas novas de Seu Filho rapidamente em diferentes direções, fazendo com que dois servos capazes tenham uma discordância séria. Quando se separam e ministram de maneira eficaz em duas localidades diferentes, Deus realiza um objetivo mais amplo do que se eles estivessem em acordo.

Trecho retirado de O despertar da graça de Charles R. Swindoll. © 2009 Charles R. Swindoll Inc. Todos os direitos mundialmente reservados. Usado com permissão.

Anexos
  • em-relacao-as-discordancias-2
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados