Era o mais feio de todos os deuses da mitologia grega, com chifres de cabra na cabeça, cascos de cabra em vez de pés, e o corpo coberto com pele de cabra. Mas este deus, metade homem e metade bode, Pã, era alegre e saltitava pelos arbustos e montanhas, tocando sua flauta de caniço. Era entre as árvores e encostas escarpadas de Cesaréia de Filipe que foi erguido o templo de Pã. Na base deste templo havia uma caverna que por muito tempo, para aqueles que o adoravam, acreditavam que era a porta de entrada para o além. Os adoradores jogaram cabras do precipício para a boca da caverna na esperança de que seu sacrifício seria aceitável para Pã.

Foi nas proximidades desta gruta, a suposta entrada de Hades, que Jesus prometeu: “edificarei a minha igreja; e as portas do Hades não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18). Começando com um pequeno grupo de judeus marginalizados em Jerusalém há dois mil anos, Cristo construiu a Sua Igreja que chegou até as partes mais remotas do mundo. E desde aquele dia até hoje, Satanás tentou destruir a Igreja de Cristo; e ainda persiste. Apesar das controvérsias, guerras e divisões denominacionais, a Igreja continua como o meio pelo qual Deus anuncia um mundo escuro e moribundo que a luz e a vida vieram na pessoa de Seu Filho, Jesus Cristo.

__________________

Direitos autorais da tradução em português © 2014 por Insight for Living. Todos os direitos mundialmente reservados.

Derrick G. Jeter

Derrick G. Jeter possui um Mestrado em Teologia no Seminário Teológico de Dallas e serviu como um dos escritores no Departamento de Ministérios Criativos nos Ministérios Insight For Living. Ele fo...

Ver todos os posts

Posts relacionados