Lendo Josué capítulo 1, descobrimos aqui nada menos que quatro princípios divinos, através do povo de Israel:
1- Eles confiaram totalmente em Deus com relação ao futuro.
Josué estava sempre em comunhão com Deus (v1). O plano foi explicitado com clareza (v2-4) e Deus prometeu sucesso na empreitada (v5). Era a Palavra de Deus contra as imensas dificuldades. Mas Josué e o povo, fortemente encorajados, creram em Deus. E embora fossem em número inferior, partiram para a luta.
2- Eles aceitaram o desafio sem temor de derrota.
Em nada menos que quatro versos, Deus lhes ordena que sejam fortes, corajosos, destemidos e confiantes (v6,7,9 e 18). E no verso 9, Deus diz explicitamente: ‘Não temas, nem te espantes’. Hoje diríamos assim: ‘Não tenha medo. Não deixe o temor dominá-lo’.
3- Eles ignoraram suas diferenças e cerraram fileiras, formando uma unidade.
É surpreendente como um grupo de pessoas pode tornar-se forte e eficiente quando deixa de se preocupar com quem vai ficar com os méritos da vitória, ou com posições e graduações, ou com as divergências pessoais. Assim que aqueles hebreus ouviram a exposição do plano de manobra feita por Josué e compreenderam que, na verdade, aquela era a estratégia de Deus para obterem a vitória, eles se uniram em torno dele, e prometeram total fidelidade (v16-18).
4- Eles se dedicaram totalmente à execução do plano, fixando sua atenção em Deus (v16-17).
Os olhos deles estavam fixos em Deus. Agora, eles o viam distintamente . Viam-no operar maravilhas. E o resultado disso foi que sua perspectiva se modificou. Deus estava batendo o tambor e eles marchavam na cadência da batida. Não havia relutância. Eles queriam o Senhor e estavam dispostos a fazer a vontade dele.

Anexos
  • confiando-em-deus-2
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados