Em 1 Coríntios 13:5, Paulo usa duas descrições “não se ira facilmente” e “não guarda rancor”. (literalmente “não leva em conta a afronta sofrida”.) Em outras palavras, o amor verdadeiro não é frágil. Agape é ter graça no relacionamento. Ela deixa muito espaço para a outra pessoa para cometer erros. Quando você convive de perto com alguém a maior parte de sua vida, haverá muitos deles para ignorar.

Vi homens e mulheres que estão constantemente irritados com seus companheiros. O menor erro de um olhar, uma palavra mal colocada, um simples descuido, provoca explosões em miniatura ao longo do dia. Essas pequenas explosões de irritabilidade certamente devem ser o resultado de manter uma longa lista de males à mão. O apóstolo Paulo usa um termo de contabilidade que nos adverte contra manter uma soma mental de más ações. Quando fazemos isso, nós viramos perdedores.

A verdade é que podemos manter uma lista sem escrever nada, ou até mesmo perceber. Se você acha que seu companheiro te irrita por razões que você pode admitir que são pequenas, as chances são boas de que você tenha colocado algo dele ou dela no lado errado da sua folha de contabilidade. Ou dirija sua raiva de forma adequada e prontamente ou simplesmente deixe pra lá.

__________________

Adaptado de Charles R. Swindoll, Marriage: From Surviving to Thriving (Nashville: W Publishing Group, 2006), 116–18. Copyright © 2006 por Charles R. Swindoll, Inc. Todos os direitos reservados mundialmente.

Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados