Atos 2.42 a 47

Esse é um texto que vem à nossa mente quando pensamos em igreja. A igreja primitiva representa a igreja que nós sonhamos.

Aqui aprendemos algumas qualidades que essa igreja tinha sobre ensino, oração, partir do pão, comunhão, sobre dividir, compartilhar as coisas.

Os primeiros a se converterem eram na sua maioria, judeus. À medida que aceitavam o cristianismo, eles perdiam os seus direitos sociais, legais e a estabilidade, assumindo uma postura nova. Quando eles estavam procurando uma igreja para fazer parte, não existia padrão, não existia uma forma, uma maneira de ser igreja. Então eles começam a fazer essa igreja.

A igreja é algo que nós buscamos, mas que também fazemos acontecer. Não é algo pronto, mas algo em construção, que você vai buscando e vai fazendo.  A igreja não é o que eu quero, a igreja é o que eu faço. Cada um de nós deve dar a sua contribuição nessa construção.

Os primeiros cristãos se dedicavam ao ensino dos apóstolos. Não eram os apóstolos que se dedicavam ao ensino. Eram as pessoas que se dedicavam, que queriam aprender. A pessoa que tem a responsabilidade de trazer a palavra está lá, mas a dedicação não é dela, é da igreja que quer aprender.  Será que você está realmente querendo aprender?

Eles também se dedicavam à comunhão. Eram eles que construíam os relacionamentos. Todos eles faziam as coisas, se dedicavam para aquilo acontecer. Dedicavam-se ao ensino, à comunhão, ao partir do pão, às orações. Eles se mantinham unidos. Era uma atitude deles, eles buscavam a união, o aprendizado. Era a ação de cada um deles que construía essa igreja.

Igreja não é um local ou um grupo que eu busco que tem essas qualidades, mas é onde eu vou fazer com que essas qualidades sejam alcançadas. É um local de contínuo desenvolvimento.  Igreja pronta nós só teremos no céu, onde veremos por completo, tudo vai ser novo e diferente.

Devemos reconhecimento aos irmãos que passaram por cada igreja, de várias gerações, construindo valores para que a igreja hoje pudesse ser o que ela é. E nós precisamos dar continuidade a isso.

A igreja deve priorizar o ensino bíblico, usar a Bíblia como única fonte de fé, de regra e prática. O ensino bíblico é essencial e determinante para as demais áreas da vida.

A comunhão deve ser incentivada através das células, grupos pequenos, celebrações, cultos. Sempre deve haver motivo de comunhão, de compartilhar os valores, as vidas.

O partir do pão simboliza o corpo de Cristo, a pessoa de Cristo e nosso temor a Ele, associado à oração, quando nos comunicamos com Ele. Na igreja as pessoas oram juntas, buscam juntas, falam com Deus. Seus líderes têm a responsabilidade de trazer a palavra, o ensino, a orientação e a direção para a vida das pessoas. Deve-se lutar para que não haja necessitados no seu meio. Seus membros compartilham os bens com os necessitados, para que todos tenham uma vida justa e digna. E assim podem ver os milagres acontecendo e o Senhor trazendo pessoas novas a cada dia.

Hoje você é desafiado a não só querer a igreja, mas a fazer a igreja. É uma alegria pra nós fazermos parte dessa construção para uma nova geração, um novo tempo. Que Deus nos ajude e capacite a fazermos a igreja que cresce e caminha rumo à semelhança de Cristo.

 

Pr. Fernando Bochio

perder os dons
A quem devemos imitar
Fernando Bochio

Fernando Bochio é pastor há mais de 35 anos. Professor de Teologia, conferencista, consultor internacional para organizações cristãs, atua também no mentoreamento e coaching de pastores e lidere...

Ver todos os posts

Posts relacionados