Antes de Cristo não tínhamos escolha.

O pecado era o único caminho. Tudo na vida era marcado pela injustiça. Mas, uma vez que chegamos à cruz e demos ao Senhor Jesus o direito de governar nossa vida, recebemos uma opção que nunca tivemos antes.

A graça nos libertou da exigência de servir ao pecado, dando-nos a oportunidade de seguir as orientações de Cristo voluntariamente. Sendo assim, contanto que façamos isso, não pecaremos! Porém, assim que eu e você abrimos mão de seu domínio sobre nós, o velho mestre se coloca pronto para nos iludir e levar a pecar.

Gostaria de poder garantir a todos nós liberdade plena do pecado 365 dias por ano, mas isso não é possível, não enquanto estivermos presos à terra. A impecabilidade perpétua só nos pertencerá quando recebermos corpos glorificados e estivermos em nossa casa no céu.

Mas a boa notícia é que não temos de pecar de maneira constante, dia após dia: A graça nos libertou para obedecer a Cristo:
 
Mas, graças a Deus, porque, embora vocês tenham sido escravos do pecado, passaram a obedecer de coração à forma de ensino que lhes foi transmitida. Vocês foram libertados do pecado e tornaram-se escravos da justiça. (Romanos 6:17-18)
Trecho retirado de O despertar da graça de Charles R. Swindoll. © 2009 Charles R. Swindoll Inc. Todos os direitos mundialmente reservados. Usado com permissão.

Anexos
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados