Tiago, um dos escritores do Novo Testamento, explicou de que maneira os crentes podem reagir a uma doença pessoal. Ele nunca teve o propósito de dizer que isso representava a única resposta, nem que era a única exigência de Deus para curar alguém.

Tiago escreveu seu livro para pedir com insistência aos cristãos que dessem aplicação prática às verdades espirituais que estavam aprendendo. Mas isso envolvia fazer mais do que simplesmente esperar que o doente se recuperasse. Preste bastante atenção nas palavras a seguir:
 
Entre vocês há alguém que está sofrendo? Que ele ore. Há alguém que se sente feliz? Que ele cante louvores. Entre vocês há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes orem sobre ele e o unjam com óleo, em nome do Senhor. E a oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará. E se houver cometido pecados, ele será perdoado. Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz. Tiago 5:13-16
Passo 1: Chame os anciãos ou presbíteros da igreja.
A palavra grega traduzida por doente significa ‘estar sem forças’, ‘estar debilitado’, ‘estar fragilizado’. Refere-se a alguém debilitado por um mal físico. Essa pessoa é incentivada a avisar os líderes de sua igreja. O sofrimento pode não ser aliviado, nem terminar rapidamente, mas ninguém deve sofrer sozinho.
Passo 2: Os presbíteros respondem fornecendo ajuda médica.
O que Tiago quer destacar é simples e óbvio. Não substitua assistência médica por oração. Seguir o conselho de um profissional da área médica, usar remédios com sabedoria e aplicar procedimentos médicos adequados não sugere que a pessoa não tem fé em Deus. Ele deu conhecimento médico à humanidade como um ato de graça, concedeu a alguns homens e mulheres habilidade maior para entender e aplicar esse conhecimento. Embora ele tenha chamado esses homens e mulheres para serem os meios pelos quais realiza a sua cura, é Deus quem realiza a cura!
Passo 3: Submeta a doença à vontade de Deus em oração.
O processo de cuidar dos que estão fisicamente aflitos deve incluir a oração. A tradução literal de Tiago 5.15: ‘E a oração de fé salvará o cansado’. Expresse seu sincero desejo de completa restauração daquele que sofre. Ore para que a pessoa sinta menos dor e seja poupada dos efeitos debilitantes do medo. Ore para que a doença dê lugar a benefícios surpreendentes e inesperados. Mas submeta os seus pedidos ao cuidado soberano de Deus, na completa confiança de que ele é perfeitamente bom e está infalivelmente certo.
 

Anexos
  • a-genuina-cura-pela-fe-2
Charles R. Swindoll

Charles R. Swindoll tem dedicado a sua vida ao ensino preciso e prático da Palavra de Deus e sua aplicação. Desde 1998, atua como pastor-professor sênior na Stonebriar Community Church, igreja da...

Ver todos os posts

Posts relacionados